Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

Obras de abastecimento, saneamento e de construção e reforma de praças que serão realizadas neste segundo semestre de 2018 foram apresentadas à comunidade viçosense em um evento realizado no Centro Administrativo Municipal na noite de ontem (23). Autoridades, lideranças e moradores de regiões contempladas com as obras puderam conhecer os projetos e visualizar um balanço dos investimentos da Prefeitura de Viçosa nos eixos Abastecimento e Saneamento e Meio Ambiente da Agenda Positiva da gestão.

RESERVATÓRIOSO prefeito Ângelo Chequer assinou atos que dão início ou continuidade a diversos projetos durante o evento. No eixo Abastecimento e Saneamento, foram assinados os contratos de aquisição e instalação de dois grandes reservatórios de água potável, que proporcionarão ao Serviço Autônimo de Água e Esgoto (SAAE) um aumento de 58% na capacidade de armazenamento de água tratada. Um dos reservatórios, de 500 mil litros, será instalado no alto do bairro Bom Jesus, em substituição à antiga e já deteriorada caixa d’água. O segundo reservatório tem capacidade para 3 milhões de litros e será instalado na Violeira, próximo à Estação de Tratamento de Água (ETA II), onde será necessária a realização de uma obra de instalação de uma adutora (canal) para interligação da ETA com o novo reservatório. Os tubos que serão utilizados nesta obra também foram comprados e o contrato de fornecimento foi assinado durante o evento. O SAAE calcula um investimento total de R$ 2.967.560,00 (dois milhões, novecentos e sessenta e sete mil e quinhentos e sessenta reais) nas aquisições anunciadas no evento e nas obras que serão necessárias para a instalação dos reservatórios.

“Nos últimos quatro anos, o sistema de tratamento de água de Viçosa passou por grandes transformações e significativos avanços após investimentos em obras de reforma, ampliação e modernização das Estações de Tratamento de Água (ETAs) e do sistema de distribuição. Por determinação do prefeito e em cumprimento ao programa de metas, estamos agora investindo recursos no sistema de reservação de água tratada, aumentando a reserva dos atuais 5,2 milhões de litros para 8,2 milhões de litros de água”, disse o diretor-geral do SAAE, Romeu da Paixão.

O superintendente de Gestão Pública e Governança, Luciano Piovesan Leme, prestou contas dos investimentos já realizados na gestão no eixo Abastecimento e Saneamento. Somente na Estação de Tratamento de Água da Violeira (ETA II), o Município já investiu R$ 2.116.598,96 (dois milhões, cento e dezesseis mil, quinhentos e noventa e oito reais e noventa e seis centavos) em obras e aquisição de equipamentos. As modificações possibilitaram um aumento na capacidade de tratamento de 120 litros por segundo, em 2014, para os atuais 160 litros por segundo. Piovesan confirmou que a meta da gestão é aumentar a capacidade de tratamento da ETA II para 220 litros por segundo até 2020, com um investimento de mais 15 milhões de reais na ETA II nos próximos dois anos e ainda o início das obras de construção da ETA III, com custo previsto de 19 milhões de reais.
SEDE DO CISABOutra obra oficialmente lançada dentro do eixo Abastecimento e Saneamento foi a construção do Centro de Referência em Saneamento Ambiental do Consórcio Intermunicipal de Saneamento Básico da Zona da Mata (CISAB). O prefeito assinou o contrato com a empresa licitada para a realização dos serviços junto com o presidente do CISAB, o prefeito de Abre Campo, Marcio Moreira Vitor. A obra está orçada em R$ 4.850.555,68 (quatro milhões, oitocentos e cinquenta mil, quinhentos e cinquenta e cinco reais e sessenta e oito centavos) e deverá ser concluída em 24 meses. O recurso proveniente da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) está na conta da Prefeitura de Viçosa, que, por exigência da FUNASA, foi indicada pelo CISAB para ser a instituição executora da obra. O CISAB é a executora interveniente, responsável pela fiscalização e acompanhamento da obra.

O complexo de 1.904 metros quadrados terá laboratórios de análises de água e efluentes, sala de treinamento, área administrativa e auditório. O prédio adaptado para pessoas com deficiência e com sistema de reaproveitamento de água da chuva será construído em um terreno doado pelo Município de Viçosa, localizado na região administrativa, próximo à Prefeitura. O CISAB possui 31 municípios conveniados, tem sede em Viçosa e atualmente funciona em um local alugado. Atualmente os laboratórios do Consórcio funcionam nas dependências do SAAE de Viçosa.

Para o prefeito Marcio Moreira Vitor, presidente do CISAB, a construção do Centro de Referência é esperada com muita expectativa pelos municípios consorciados. “O projeto nasceu a partir da carência de tecnologia e estrutura enfrentada pelos órgãos de saneamento dos municípios conveniados, principalmente no que se refere ao cumprimento de normas e exigências sanitárias. A estrutura do Centro de Referência visa suprir essa demanda por meio de seus laboratórios e técnicas”, enfatizou.

PRAÇAS

No eixo Meio Ambiente da Agenda Positiva, o prefeito confirmou a reforma de quatro praças e a construção de outras três, com início das obras neste segundo semestre de 2018 como parte do programa Uma Praça Mais Viçosa, lançado em 2017. O investimento total será de R$ 1.135.433,03 (um milhão, cento e trinta e cinco mil, quatrocentos e trinta e três reais e três centavos), com recursos provenientes de emendas parlamentares, arrecadação própria e do Fundo Municipal de Meio Ambiente (FUMMA).

A praça Luiza Rodrigues Lopes, localizada no distrito de São José do Triunfo, passará por reforma orçada em R$ 142.371,95 (cento e quarenta e dois mil, trezentos e setenta e um reais e noventa e cinco centavos), cujo destaque no projeto é a construção de uma arena para práticas esportivas e culturais. Já a praça José Santana, localizada no bairro Fátima, terá um investimento de R$ 118.092,71 na obra de reforma, que contempla a construção de uma área com brinquedos para crianças e uma academia ao ar livre. Ambas tem recursos provenientes de emenda parlamentar e complementação de recurso próprio da Prefeitura. Durante o evento, o prefeito assinou os Projetos de Lei que autorizam abertura de crédito especial ao orçamento vigente e informou que, assim que aprovados, a prefeitura procederá a publicação dos editais de licitação para as obras.

No centro da cidade duas praças serão reformadas. A Silviano Brandão, onde está localizada a igreja matriz de Santa Rita e o museu da Casa Arthur Bernardes já teve o edital de licitação publicado, com sessão de abertura marcada para o dia 8 de agosto. A obra está orçada em R$ 679.594,36 (seiscentos e setenta e nove mil, quinhentos e noventa e quatro reais e trinta e seis centavos) e vai modificar todo o aspecto arquitetônico da praça visando torná-la funcional e integrá-la aos imóveis do entorno. Está prevista a instalação de uma academia ao ar livre, de uma fonte seca interativa, de um espaço para crianças, e de novas estruturas em substituição às atuais, como um novo modelo de ponto de táxi e um novo desenho para a banca de jornais. A prefeitura prevê o início das obras para setembro. As festividades da Semana Arthur Bernardes, no final de agosto, será a última atividade no local antes do isolamento total para reforma.

De acordo com a diretora do Instituto de Planejamento e Meio Ambiente (IPLAM), arquiteta Gerusa Ribeiro, o programa Uma Praça Mais Viçosa proporciona benefícios diretos e indiretos. “Podemos elevar as praças como marco de referência para a nossa cidade, como um lugar para a prática de exercícios, manifestações populares e também como uma forma de melhorar a qualidade do ar e reduzir os níveis de ruído, já que, em muitos bairros, a praça é o único ponto em que há vegetação”, avalia.

Outra praça central a ser reformada é a Cristóvão Lopes de Carvalho, localizada no entroncamento da Avenida Santa Rita com a Rua Padre Serafim. A reforma será realizada por uma empresa privada e doada ao Município, em um modelo de parceria inédito na cidade, estabelecido no Decreto 5.085/2017. A obra está orçada em R$ 51.901,00 (cinquenta e um mil e novecentos e um reais) e também contempla a instalação de uma academia ao ar livre. Durante o evento, o prefeito e o empresário Nelson Maciel, representante da empresa Locadora Maciel e Filhos LTDA, assinaram o termo de compromisso e intenção, assegurando a breve realização da obra.

Além das reformas, o programa Uma Praça Mais Viçosa contempla a construção de praças em espaços subutilizados com grande potencial para uso comunitário. É o caso dos bairros Novo Silvestre e Liberdade, que possuem áreas públicas disponíveis e prontas para se tornarem praças. O Instituto de Planejamento e Meio Ambiente (IPLAM) elaborou os projetos de acordo com as demandas das comunidades. No bairro Liberdade, a nova praça terá academia ao ar livre e espaço para crianças, com orçamento total de R$ 77.630,00 (setenta e sete mil e seiscentos e trinta reais) e recursos de emenda parlamentar e próprio da Prefeitura. Em Novo Silvestre, a praça será voltada à prática de esportes, onde será construída uma quadra poliesportiva, academia ao ar livre, pista de caminhada e espaço para crianças. O custo da obra será de R$ 107.883,65 (cento e sete mil, oitocentos e oitenta e três reais e sessenta e cinco centavos) e os recursos são provenientes do Fundo Municipal do Meio Ambiente (FUMMA), cuja utilização para a construção da praça foi aprovada pelo Conselho Municipal de Defesa e Conservação do Meio Ambiente (CODEMA). Ambas as praças já foram licitadas e o prefeito assinou, durante o evento, os contratos com as empresas vencedoras e as ordens de serviço para início imediato das obras.

O bairro Nova Viçosa, um dos mais populosos da cidade, ganhará sua segunda praça em breve. A praça será construída em um largo localizado no entroncamento das ruas Joaquim Nogueira, Antônio Fortes dos Santos e Vicente Brustoline, vias que serão asfaltadas neste segundo semestre no pacote de obras do programa Mais Asfalto. A obra está orçada em R$ 56.861,70 (cinquenta e seis mil, oitocentos e sessenta e um reais e setenta centavos) e deve utilizar recursos próprios da arrecadação municipal, ainda em fase de liberação.

Para o prefeito Ângelo Chequer, os investimentos são resultado de “um árduo e sério trabalho desenvolvido por todos os gestores da Prefeitura”, se referindo ao plano de metas quadrimestrais aplicado em todas as Secretarias. Comentou sobre cada uma das obras, agradeceu a presença dos moradores, falou sobre a importância de momentos como este de prestação de contas do uso do dinheiro público e finalizou: “O objetivo da gestão é investir de maneira inteligente recursos nas mais diversas áreas, desde o saneamento básico até o convívio coletivo em praças, levando conforto, segurança e lazer para cada cidadão”
Assessoria de comunicação PMV
Comentários