Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

Centenas de estudantes de mais de 40 cursos de graduação de universidades e faculdades de Belo Horizonte e da região metropolitana da capital mineira, inclusive alunos do Campus Florestal da Universidade Federal de Viçosa viram o sonho da tão desejada festa de formatura ir por água abaixo. Tudo isso por que o proprietário do cerimonial Polaris Eventos, que fica em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, sumiu com todo o dinheiro que os estudantes estavam pagando pela festa de formatura que está marcada para acontecer no mês de março.

De acordo com alguns estudantes desde a última segunda-feira 23, Fernando José de Oliveira proprietário da cerimonial simplesmente pegou todos os móveis e equipamentos de onde trabalha e sumiu com o dinheiro dos estudantes e até agora ninguém sabe do paradeiro do empresário. Nas redes sociais, vários estudantes fizeram reclamações sobre o sumiço do dono da empresa. Estudantes da UFMG, UEMG, Newton Paiva, UFV, Pitágoras, Unifem, Uni-BH, entre outras faculdades, relataram ter sido vítimas da empresa. A página do cerimonial no Facebook foi retirada do ar. A Polícia Civil informou que foi instalado um inquérito sobre o caso e que, até o momento, foram registrados 16 boletins de ocorrência contra a Polaris Eventos.

Comentários