Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

O crime aconteceu por volta da meia-noite do ultimo domingo (4) na Rua Maria Pacheco, no bairro Sagrado Coração de Jesus. Patrícia Riqueira Roberto da Cruz estava dormindo na sua casa acompanhada de seu filho, de 2 anos, momento em que seu ex-marido, de 32 anos, teria pulado o portão do imóvel e adentrou na residência.

E arrastou Patrícia pela casa, colocando-a dentro de um automóvel Volkswagen Gol, cor prata, placas de Ponte Nova. Em seguida, efetuou vários disparos contra a ex-mulher, vindo a jogá-la no meio da rua e evadindo do local, tomando rumo ignorado.

Patrícia chegou a ser socorrida por populares e levada até o Hospital Arnaldo Gavazza, porém não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. O médico de plantão constatou seis perfurações no corpo dela, que atingiram braço, cabeça, tórax e dorso.

Durante levantamentos, a Polícia Militar encontrou a casa do autor, que fica no bairro Copacabana, porém ele não

foi localizado. No local, foi recolhida a carteira de identidade e a carteira nacional de habilitação de Patrícia. Não foram localizadas roupas nos guarda-roupas e havia peças caídas pelo chão, dando a entender que o mesmo havia fugido.

Na tarde de segunda-feira (5) Carlos Alexandre do Carmo da Cruz, 32 anos, entregou-se ás 15h, na delegacia de Ponte Nova, acompanhado de sua advogada. O suspeito entregou à polícia a arma do crime e o veiculo GOL para serem periciados. Como não houve flagrante o suspeito foi ouvido e liberado e vai responder o crime em liberdade.

INFORMAÇÕES: UNIDADE DE NOTÍCIAS, FOLHA DE PONTE NOVA

 

Comentários