Compatilhe esta publicação: Twitter Facebook Google+

A vítima, um homem de 63 anos, proprietário do imóvel, relatou à polícia que saía de casa, por volta das 6 horas da manhã de quinta-feira, 8, quando foi abordado por quatro homens armados de pistolas, que logo perguntaram onde estava guardado o dinheiro e suas armas. Eles entraram na casa e renderam a esposa da vítima e, assim que os outros funcionários da casa  iam  chegando, eram também rendidos. Todos foram amarrados com fitas adesivas e presos em um banheiro, que ficou sendo vigiado por um dos marginais, enquanto os outros três reviraram a casa, na companhia do proprietário do imóvel, à procura de valores e armas. A vítima acrescentou que todos os bandidos eram brancos e aparentavam pouca idade, mas que todos eram maiores. Um dos bandidos deixou para trás um capacete vermelho que usava quando chegou à casa.

Os marginais roubaram o Honda CRV branco, placa OQM-1700, e foram até um galpão, próximo da residência, onde abriram um cofre e roubaram dois mil dólares, dois mil euros, além de vários talões de cheques.

De lá fugiram no carro da vítima, levando ainda R$ 300, quatro aparelhos celulares, bolsas, relógios de pulso, chaves, diversas semi-joias, vários talões de cheques, cartões bancários, documentos pessoais de certificados de registro de veículos, dois revólveres (um calibre 32 e outro calibre 38) mais de 100 balas de calibres 32 e 38.

O roubo de 50 mil dólares, há um mês em Viçosa.

Um agricultor de 33 anos, sua mãe, de 70, e suas filhas gêmeas, de 8 anos, foram vítimas de assalto por volta das 7h30 de terça-feira, 9 de dezembro de 2013. Todos chegavam em casa numa Fiat/Strada quando foram surpreendidos por dois homens armados de revólveres, que os renderam e entraram na casa, os fazendo reféns. A residência fica nas proximidades do Centev, no distrito de Silvestre. Outros dois bandidos também entraram na casa, armados de pistolas. As vítimas foram colocadas em um dos quartos, vigiadas por um dos bandidos. Enquanto os outros revistaram minuciosamente todo o imóvel por cerca de duas horas. Os bandidos encontraram no sótão, 50 mil dólares americanos, além de certa quantia em euros, que não foi revelada. O dinheiro pertencia a um tio da vítima, que é padre e vive na Itália. Os bandidos ainda levaram um tablet, cinco pares de brincos de ouro e um revólver pequeno e velho, que estava enferrujado. Antes de fugirem no Fiat/Strada cinza, placa DIO-6660, de propriedade da vítima, os bandidos fizeram um lanche na cozinha. O veículo foi encontrado pela polícia, dias depois.

Autor: Folha da Mata

 

Deixe uma resposta

Comentários