Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

A Rádio Montanhesa AM 1500, de Viçosa Minas Gerais, perto de completar seus 68 anos, passará por uma de suas maiores transformações: a migração da frequência AM para FM. A migração permitirá que o seu sinal chegue com mais qualidade e sem interferência na casa, no trabalho, no carro e até mesmo nos aparelhos celulares dos seus mais de 500 mil ouvintes de Viçosa e região.

No dia 24 de março de 2017, o diretor da Rádio Montanhesa de Viçosa, Bruno Torres, esteve em Belo Horizonte/MG, em cerimônia realizada pelo Governo Federal, para assinar o termo aditivo do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, que permite, em poucos meses, a Rádio Montanhesa iniciar a operação em frequência FM.

Segundo o presidente da Associação Mineira de Rádio e Televisão (AMIRT) Mayrinck Júnior, o momento é de comemoração. “Quando se concretiza um ato desses, colocamos as emissoras em igualdade. O rádio nunca morrerá, ele se adapta às novas tecnologias. Com a migração, estamos vivenciando a evolução do rádio”, declarou Mayrinck.

Outra mudança com a migração da Rádio Montanhesa para FM é a sua frequência. De acordo com a direção da Montanhesa, os ouvintes, em breve, terão que sintonizar seus aparelhos de rádio através da frequência 106,5 FM.

Uma das grandes expectativas da direção e funcionários da Montanhesa é que, com a migração, a audiência da emissora cresça, pois com as novas tecnologias, o sinal da Montanhesa em FM poderá ser captado através dos aparelhos de rádio modernos que hoje não recebem o sinal AM, além dos dispositivos móveis, como os smartphones.

A rádio amiga da cidade, perto dos seus 68 anos de existência, está se adaptando aos novos tempos e se tornará uma rádio moderna e muito mais jovem, levando diversão, música de qualidade, informação com prestação de serviços e, claro, muito futebol para os seus ouvintes.

Comentários