Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

No dia 27 de maio, por volta 15:50h, a PM na cidade de Coimbra, após denúncia de extorsão a um estabelecimento comercial, mercearia, no Distrito de Monte Celeste, sendo que dois indivíduos armados de revólveres haviam chegado em um MOTOCICLETA HONDA XR, COR PRETA, SEM PLACA, de arma em punho quando anunciaram a extorsão. De imediato a PM realizou rastreamento, momento que os Policias receberam novas informações dando conta que um dos autores dos delitos seria GEAN CARLOS PIMENTEL DO CARMO, 18 anos e NATANAEL CUPERTINO DA SILVA, 19 anos, residentes no Morro dos Cabritos, na cidade de Coimbra. A PM localizou os suspeitos na em sua residência, sendo que durante busca no interior da casa, foram localizados no ralo do banheiro um invólucro contendo substância aparentando ser maconha; No quarto da casa foram localizadas as roupas com características idênticas as utilizadas nos dois delitos e três aparelhos celulares; Na garagem da casa foram encontrados dois capacetes e a motocicleta, HONDA XR, COR PRETA, SEM PLACA. Em entrevista com os autores, após diversas contradições, estes acabaram por confessar os delitos, tendo o autor NATANAEL alegado que estava como condutor da motocicleta armado com o revolver calibre .22 e o autor GEAN seria o passageiro que estava em poder do revolver calibre .32. Acrescentaram que as armas estavam escondidas no mato, tendo os dois autores levado a PM até o esconderijo das armas, sendo que o revólver calibre .22 e cinco munições intactas, foram localizadas em uma sacola plástica de cor verde escondida em uma moita de capim que liga a cidade de Coimbra a São Geraldo e o revólver calibre .32, carregado com duas munições intactas do mesmo calibre, dentro de uma pochete cor preta com detalhe branco provavelmente sendo a mesma utilizada no crime no distrito de Monte Celeste, foram localizados enterrado em uma trilha situada na região do córrego dos moinhos, zona rural de Coimbra. Quanto ao dinheiro o autor NATANAEL disse que havia gastado na compra de droga e que o revolver calibre .22, durante sua fuga sofreu uma queda no asfalto vindo a danificá-lo. Foi dada voz de prisão em flagrante delito aos autores pelas práticas de extorsão, porte ilegal de arma de fogo e posse de substância entorpecente, sendo encaminhados à DPJ de Ubá juntamente com a materialidade para providências cabíveis. O veículo motocicleta foi removido para o pátio credenciado do João Rossi. Flagrante ratificado.

27-05-2013 coimbra extorsão

Deixe uma resposta

Comentários