Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+
Viçosa recebeu, na última semana, a visita da subsecretária de Políticas de Prevenção à Criminalidade da Secretaria de Estado de Segurança Pública de Minas Gerais, Andreza Rafaela Abreu Gomes. À convite do prefeito Ângelo Chequer, ela veio à cidade na intenção de conhecer Viçosa, observar e colher dados sobre a dinâmica da criminalidade nas periferias e verificar a viabilidade de instalação de programas estaduais para a juventude e prevenção à criminalidade.
Durante a manhã a subsecretária visitou os bairros da cidade e conheceu regiões como o Bom Jesus, Nova Viçosa, Santa Clara, Laranjal, Boa Vista, Santo Antônio, Carlos Dias e Bela Vista. “Vou embora de Viçosa com uma percepção ainda não tão aprofundada quanto o necessário, mas a gente vai estudar o cenário do município. Notei que a cidade tem uma extensão territorial e uma diversidade de bairros vulneráveis que apresentam uma organização de dinâmica criminal que nos preocupa e que precisa de uma intervenção”, avaliou Andreza Gomes.
À tarde ela participou de uma reunião no salão nobre do Centro Administrativo com a presença de representantes da sociedade civil organizada como conselheiros ligados a políticas para crianças e adolescentes e políticas anti-drogas, além de vereadores, agentes públicos e defensoria púbica. Após as discussões, a subsecretária disse estar “animada pela mobilização que esse espaço conseguiu, pela fala tão propositiva e técnica que muitos atores da sociedade civil apresentaram e a disposição de todos os envolvidos em fazer dar certo para que o município ofereça melhores condição de vida para seus moradores”, destacou.
Sobre a possibilidade de implementação de programas estaduais na cidade, Gomes explicou que sua pasta irá preparar um Plano Municipal de Intervenção, que deve ser apresentado ao Município em meados de novembro. “É através desse plano que vamos identificar os agentes transformadores já existentes para potencializá-los e preencher as lacunas nas periferias com a presença dos programas do Estado, como o Fica Vivo, por exemplo”, pontuou.
A implementação de ações da subsecretaria de Políticas de Prevenção à Criminalidade em Viçosa foi uma das pautas discutidas em um recente encontro entre o prefeito Ângelo Chequer e o secretário de Estado de Segurança Pública, Sérgio Barboza Menezes, realizado em Belo Horizonte. Na oportunidade, o prefeito de Viçosa também falou sobre o esgotamento da capacidade da companhia de Polícia Militar da cidade diante do alto índice de crimes violentos, destacando o empenho do comando local, que “faz o que pode e o que não pode” e que necessita de “reforço de pessoal e de estrutura de trabalho”, segundo sua avaliação. Abordou também a necessidade intensificação de operações policiais e defendeu demandas das polícias civil, do meio ambiente e do Corpo de Bombeiros.
Comentários