Compatilhe esta publicação: Twitter Facebook Google+

Com atendimento pré-processual, o posto contribui para a promoção da cidadania

O segundo Posto de Atendimento Pré-Processual (Papre) do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) de Viçosa está em funcionamento desde 12 de junho, no laboratório de práticas jurídicas da Universidade Federal de Viçosa (UFV). A iniciativa é fruto da parceria entre o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e a universidade.

Equipe do posto de atendimento do Cejusc na Universidade Federal de Viçosa

A juíza diretora do foro, Daniele Viana da Silva, explica que o objetivo do Papre é realizar audiências de conciliação extraprocessual e orientar o cidadão. “Por meio desse serviço, a população ganha tempo, podendo resolver conflitos antes que virem processos”, esclarece a magistrada.

Patrícia de Souza Faria Lima, supervisora do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) da comarca, ressalta o papel do Judiciário na promoção da cidadania. “Com a instalação do segundo Papre, ampliam-se as oportunidades de acesso à Justiça para a solução de conflitos, promovendo-se a paz social”, afirma ela.

A supervisora destaca que os Papres funcionam com o conceito multiportas, aproximando a população de seus direitos. Ela comemora os resultados do primeiro posto instalado na comarca: “Durante seis meses de funcionamento na Univiçosa, foram realizados 372 atendimentos”.

Solenidade de inauguração

Compuseram a mesa de honra da solenidade de inauguração a juíza diretora do Foro, Daniele Viana da Siva Vieira Lopes; a juíza coordenadora do Cejusc, Giovanna Travenzolli Abreu Lourenço; o diretor-geral da Univiçosa, Evaldo Zeferino Rodrigues; o diretor do Centro de Ciências Humanas, Letras e Arte, Odemir Baêta; a reitora em substituição, Rejane Nascentes; a representante da Ordem dos Advogados do Brasil, Vanja Honorina Aguiar Albino; e a professora coordenadora do Papre UFV, Débora Fernandes Pessoa Madeira.

Serviço

Papre UFV

Casa 48, Vila Gianetti, Campos Universitário

(31) 3899-2844

lpj@ufv.br

TJMG

Comentários