Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+
A obra de reconstrução da ponte que foi levada pela enchente em 2012 e isolou a passagem entre os bairros São José (Laranjal) e Cidade Nova teve um avanço importante esta semana. A empreiteira responsável pela obra executou a concretagem da base da primeira viga que sustentará a nova ponte de 22 metros.
O engenheiro da Secretaria de Obras responsável pela fiscalização da obra, Diogo Rezende, explicou que foram utilizados 10 metros cúbicos de concreto com resistência (Fck) de 30 Mpa, que é considerado de alta resistência para uma obra do tipo.
A presença dos engenheiros fiscais da Prefeitura em todas as etapas das obras públicas do Município é uma exigência da gestão do prefeito Ângelo Chequer que visa garantir a qualidade da execução e dos materiais utilizados nos canteiros.
Nesta obra em especial, a Prefeitura conta também com o apoio do laboratório de materiais de construção civil da Univiçosa, através do professor e técnico José Tarcísio do Nascimento, que com sua experiência de mais de 40 anos na área, analisa, no local da obra, a resistência do concreto fornecido antes de sua aplicação na obra. “Hoje nós impedimos a aplicação de um caminhão de concreto pois a análise realizada pela equipe da Univiçosa relevou que a resistência não estava dentro do padrão estipulado”, relatou Rezende.
O prazo para a entrega desta obra vai até outubro deste ano. A obra tem um investimento de R$508.123,90 e é executada com recursos do Ministério da Cidades provenientes de Emenda Parlamentar do Deputado Federal Rodrigo de Castro (PSDB) .
Fonte ASSESSORIA DE IMPRENSA PMV
Comentários