Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+
cats

    MARECHAL CASTELO BRANCO, AVENIDA ONDE O PROFESSOR FOI ABORDADO

Um professor universitário de 40 anos foi vítima de um assalto em Viçosa na manhã de segunda-feira 17/10.

A vítima transitava em seu veículo pela Avenida Marechal Castelo Branco, sentido ao Centro quando viu uma pessoa pedindo carona, com um papel na mão escrito o seu nome, a vítima pensou que fosse um de seus alunos e parou o veículo. Assim que parou ele foi rendido por outro homem armado.

Os autores ordenaram que a vítima dirigisse até a cidade de Conselheiro Lafaiete, Lá chegando, foram para a Br040 sentido á Juiz de Fora, passou por dois postos de pedágios e seguiram mais um pouco pela rodovia, quando mandaram a vítima encostar o veículo e o colocaram dentro do porta-malas. A vítima disse que após algum tempo viajando, os autores pararam o veículo em uma estrada de terra e deserta e nesta estrada os eles o tiraram do porta malas, o agrediram e a todo tempo o ameaçavam ele de morte.

Após as agressões, colocaram a vítima novamente no porta malas e seguiram viagem. Já era noite quando os bandidos pararam o veículo novamente em um acostamento da BR 267, mandaram a vítima descer e entrar em um mato, que fica a beira da rodovia e novamente começaram a agredi-lo, cortando inclusive o antebraço esquerdo dele. Não satisfeitos com as ameaças de morte e as agressões os autores jogaram gasolina na vítima e colocaram fogo. Por sorte ele não se feriu gravemente.

Após esse ato de covardia os bandidos fugiram e deixaram à vítima ás margens da rodovia na cidade de Bom Jardim de Minas, ele foi socorrido por populares e encaminhado para o hospital da mesma cidade, onde foi medicado e passa bem.

Durante o desaparecimento do professor bombeiros e policiais civis e militares, fizeram uma varredura em várias rodovias na tentativa de localiza-lo. O veículo Honda Civic de cor verde placas EJI 8728-VIÇOSA/MG foi levado pelos bandidos e até agora não foi encontrado.

A polícia civil vai investigar o crime.

 

 

 

Comentários