Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

 

Na última sexta-feira(15) a Polícia Civil de Minas Gerais, por intermédio da 5ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Viçosa, realizou a Operação “Efeito Colateral”, foram cumpridos 13 mandados de prisão, 22 (vinte e dois) mandados de busca e apreensão, quatro pessoas foram presas em flagrante, três pelo crime de tráfico de drogas e um pelo crime de receptação.

Segundo a polícia os presos podem ter envolvimento com o tráfico de drogas e as investigações poderão apontar o envolvimento de alguns deles com homicídios ocorridos em Viçosa e região.

Durante a operação foram apreendidos 10 (dez) aparelhos de celular, 02 (duas) balanças de precisão, uma quantidade considerável de substância semelhante a maconha e uma semelhante a cocaína, diversas materiais utilizados, tipicamente, para embalar substância entorpecente; (01) uma câmera de segurança, 01 (um) gravador digital de monitoramento; 16 (dezesseis) folhas de cheques.

A polícia civil utilizou um drone durante a operação, o equipamento ajudou muito as equipes policiais e teve no sucesso durante as prisões.

A operação contou com apoio dos Policiais Civis da Delegacia de Polícia Civil de Viçosa, Teixeiras, Ervália, Ubá, Juiz de Fora, Leopoldina, Muriaé, Ponte Nova, DEOESP e canil.

Toda a equipe de investigadores, peritos e delegados da regional de Viçosa tiveram um papel importante durante as investigações e as prisões do suspeitos.

Vale ressaltar que a sociedade pode ajudar a polícia através de denúncias anônimas pelo telefone 197.

Até o momento foram presos: TRÊS MULHERES:  N F S, APM, P F G.

11 HOMENS: J A M, – D B, -E X S,- W F S, -J C M M, -R B R, -I S S, -M O F, -J R B, -L G F, -P A S S

FONTE POLÍCIA CIVIL.

 

Comentários