Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

reiA torcida do Atlético Mineiro terá um grande motivo para comemorar e rever seu ídolo. Considerado um dos grandes craques do futebol mundial de todos os tempos, Reinaldo ganha uma biografia. Em “Punho Cerrado – a História do Rei” (Editora Letramento), a vida do maior ídolo do Galo é contada com riqueza de detalhes pelo seu filho Philipe Van R. Lima.

 

O lançamento do livro, prefaciado pelo jornalista Chico Pinheiro, acontece no dia 22 de novembro, às 19h, no Auditório da Engenharia Florestal da UFV. O lançamento tem o apoio da Editora da UFV, que estará comercializando os volumes nessa noite de autógrafos. Posteriormente, o livro poderá ser encontrado na Livraria Café Cultura, que funciona na Biblioteca Central da UFV.

 

Aclamado pela torcida do Galo como “Rei”, o ex-atacante colecionou importantes recordes na carreira, entre eles a melhor média de gols (1,55 por partida) em uma única edição do Brasileirão, em 1977, e a artilharia do lendário estádio Mineirão, com 255 gols na sua atuação no Atlético Mineiro.

 

Reinaldo é de Ponte Nova/MG e jogou pela Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1978, na Argentina. O camisa 9 da história do Galo também se destacou pela militância política a favor da redemocratização do Brasil e pela sua proximidade com importantes figuras da cultura brasileira, como o escritor Roberto Drummond e os músicos Milton Nascimento, Chico Buarque e Gonzaguinha.

Após encerrar a carreira como atleta, o ídolo atleticano enfrentou alguns problemas pessoais, mas venceu todos os desafios com uma inspiradora história de superação.

A biografia de Reinaldo traz emocionantes depoimentos de pessoas que acompanharam de perto a trajetória do ídolo. “Punho Cerrado – A história do Rei” é uma obra definitiva sobre um craque inesquecível.

 

Alguns depoimentos:

 

“Reinaldo foi um jogador maravilhoso. Eu sempre digo que seria o jogador que mais se aproximaria de Pelé se não fossem tantos problemas de joelhos e cirurgias.” Zico

“Eu ia ao campo só pra ver o Reinaldo jogar. Nunca tive um ídolo na minha vida, mas eu me espelhei no Reinaldo.” Romário

“Posso afirmar sem bairrismo, que Reinaldo foi um dos maiores centroavantes do Brasil e do mundo em todos os tempos.” Tostão

“Quando 80 mil pessoas gritavam ‘Rei, rei, rei, Reinaldo é nosso Rei’, até o adversário se curvava, era um espetáculo.” Paulo Isidoro

 

Fonte editora UFV

 

Comentários