Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

Nesta sexta-feira (18), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) realizou solenidade de posse do novo Delegado Regional de Viçosa, Mauro Ricardo Guimarães Pinho. Participaram da composição do dispositivo de honra o chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, João Octacílio Silva Neto, o chefe do 4º Departamento de Juiz de Fora, delegado Carlos Roberto da Silveira Costa, o novo Delegado Regional, o procurador geral do município, Marcelo Maranhão, representando o prefeito, a senhora Brenda Santunioni, representando a Câmara Municipal, o deputado estadual Thiago Cota e o promotor Gabriel Pereira de Mendonça.

Durante discurso, Mauro enfatizou que se sente extremamente honrado em ser o novo delegado regional de Viçosa e que possui muito entusiasmo, diante dos oito anos de carreira na PCMG. Ele também agradeceu ao chefe da Polícia Civil a confiança depositada e a todos os policiais civis pelo empenho. Em seguida, o deputado Thiago Cota parabenizou o trabalho que vem sendo desenvolvido pelo delegado-geral João Octacílio Silva Neto, e pela implantação da Delegacia Regional de Viçosa. Já o chefe da Polícia Civil ressaltou que, com apoio do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, do deputado Thiago Cota e do ex- secretário de Estado de Agricultura, João Cruz, foi possível a criação da 5ª DRPC de Viçosa. Ele finalizou a solenidade destacando que Viçosa está protegida com essa equipe de profissionais.

Participaram também da solenidade a coordenadora local da Defensoria Pública, Ana Flavia Soares Diniz, o comandante do Tiro de Guerra de Viçosa, sargento Reinaldo Vieira Luna, o comandante da 10ª Companhia Independente da PMMG, tenente-coronel Wallace Brandão Vidal, o comandante do Corpo de Bombeiros de Viçosa, tenente Alexandre Lima Fagundes, o ex- secretário de Estado de Agricultura, João Cruz, e o presidente do Consep, Danilo Rosa. Também estiveram presentes na cerimônia autoridades do município e região, policiais civis e familiares do Delegado Regional.

Assessoria de Imprensa da Polícia civil de Minas Gerais.

  

Comentários