Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+
remediosO município de Viçosa recebeu nesta terça-feira (8) uma remessa de medicamentos da farmácia básica, que estavam em falta na Farmácia Municipal deste o mês de maio deste ano. As 185 caixas de medicamentos foram enviadas pela Secretaria de Estado de Saúde e fazem parte da Relação Nacional de Medicamentos (RENAME). Os remédios estarão disponíveis aos pacientes do SUS a partir desta quarta-feira (9).
A farmacêutica Hyolanda Miquelão Vieira, Chefe do Departamento de Assistência Farmacêutica da Secretaria Municipal de Saúde, informou que essa é a segunda remessa do ano, de um total de três: “o Estado divide o envio dos medicamentos em três datas, mas a segunda remessa chegou com atraso, por isso ficamos em falta de alguns medicamentos nesse período”. A responsável pela farmácia municipal ainda informou que está prevista para a próxima semana a chegada dos remédios controlados, que também estão em falta atualmente.
Em função das demandas locais por certos tipos de remédios, a Prefeitura estabeleceu neste ano de 2015, a Relação Municipal de Medicamentos (REMUME), que reúne 182 fármacos. A REMUME é um orientador das ações da Assistência Farmacêutica, indispensável para o uso racional de medicamentos no contexto do SUS. A seleção dos medicamentos baseou-se nas prioridades de saúde da cidade, bem como na disponibilidade dos itens, segurança, qualidade e na eficácia terapêutica comprovada.
Os itens complementares da REMUME são adquiridos com recurso próprio do município, que ainda atende, dentro de suas possibilidades, os pedidos de fornecimento de medicamentos de auto custo, de acordo com demandas da população carente.
A Secretaria Municipal de Saúde ainda instituiu a organização de meios para adequação de prescrições e dispensação dos medicamentos, tanto para profissionais, quanto para pacientes. Os médicos que atendem na rede de atenção básica (UBS’s) receberam um ‘Guia Rápido para Prescrição Médica’, que recomenda a prescrição de remédios que estejam listados na REMUME, facilitando o acesso dos usuários do SUS aos medicamentos disponíveis na farmácia do município e na farmácia popular.
Um dado importante frente a essas ações é a redução do número de processos judiciais para fornecimento de medicamentos. Segundo o Secretário de Governo Luciano Piovesan, as demandas judiciais na área da saúde caíram cerca de 70% neste ano. Ele atribuiu a redução ao sistema de mediação instalado na Secretaria de Saúde, para o qual são encaminhadas todas as pessoas que entram com pedidos de ações na Justiça local contra o município.
No mesmo sentido o Prefeito Ângelo Chequer já assinou a ordem de serviço para a construção de duas das quatro unidade de Farmácia de Minas que serão construídas no município. As farmácias descentralizadas serão instaladas nos Bairros Liberdade, Nova Viçosa, Centro e São José do Triunfo. O custo das obras somam mais de 670 mil reais, com recurso do Governo do Estado e também do município, que aportou mais R$100.000,00 (cem mil reias) de recurso próprio para complementar o valor das obras.

 

Comentários