Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

W.C.P de 22 anos, está sendo acusado de ter estuprado uma menina de doze anos, o fato ocorreu no último dia 02/05, no bairro Sol Nascente, “Coelhas”. A vítima deu entrada no hospital São Sebastião na tarde de sábado 06/05, ela disse aos policiais que no dia dos fatos estava sozinha em sua residência e havia acabado de tomar banho. quando estava se trocando o suspeito entrou em seu quarto, perguntando pelo tio da vítima, ela disse que não sabia onde ele estava.

O suspeito perguntou a vítima se “Ela queria ficar com ele” diante da negativa da menina ele começou a agredi-la, com chutes e puxão de cabelo, a menina gritou por ajuda mais teve a sua boca tampada e foi estuprada por ele. Após os fatos o autor foi embora e antes fez diversas ameaças, deixando a vítima sem reação e com medo, pois, o suspeito mora perto de sua casa.

A genitora da menina notou que sua filha agia de maneira estranha e só queria ficar dentro de casa chorando e com fisionomia triste. Então resolveu conversar com a menina que contou tudo para a mãe.

Diante dos fatos uma equipe da polícia militar esteva na residência do acusado, que negou ter praticado o estupro contra a menor. Ele foi qualificado no boletim de ocorrência como autor do estupro de vulnerável, porém foi liberado e em breve será intimado para prestar esclarecimentos na delegacia da polícia civil. A menina passa bem e está sendo acompanhada pelo conselho tutelar de Viçosa.

Comentários