Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

11/05/2018: A Polícia Militar de Fervedouro foi acionada e compareceu no Hospital Santa Bárbara, em Fervedouro, onde havia dado entrada um casal vítima de disparo de arma de fogo, e uma das vítimas identificada como D.C.  informou que estava transitando em sua motocicleta no sentido Fervedouro-Córrego Capanema, com a esposa, L.C. na garupa,  momento em que próximo ao Córrego do Ribeirão do Jorge, pareou uma Saveiro de cor prata, ocupada por quatro indivíduos que começaram a efetuar disparos de arma de fogo em sua direção, sendo atingidos, quando em alta velocidade na motocicleta, seguiu sentido sua residência, onde chegou já sem forças, vindo a cair ao chão, em virtude dos disparos sofrido, sendo socorrido por uma testemunha, e levados para o Hospital Santa Bárbara. Após foram encaminhadas ao Hospital Casa de Caridade de Carangola, em virtude da gravidade dos ferimentos.

Em seguida a Polícia Militar recebeu outra ligação telefônica, dando conta de que uma senhora havia sido vítima de homicídio também no córrego Capanema. No local depararam com o corpo da senhora Zilda Rosa, caído ao solo com disparos de arma de fogo na cabeça, sendo isolado o local e acionado a Pericia Técnica. A PM foi informada por terceiros que os suspeitos do crime eram de uma mesma família, além de mais um indivíduo, e foi constatado que tais suspeitos evadiram daquela região após o crime, uma vez que não foram encontrados em suas residências. O veículo Saveiro foi apreendido para ser periciado.

“O perito criminal da 4ª DRPC de Muriaé constatou dois disparos de arma de fogo, calibre 12, na região craniana da vítima Zilda Rosa, de 64 anos de idade. Após realizar os trabalhos de praxe, liberou o corpo para o agente da funerário para ser encaminhado ao IML de Muriaé” relata a polícia que trabalha com a possibilidade da motivação desses crimes ser vingança.

FONTE SILVAN ALVES

Comentários