Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

Madrugada, 8 de julho, Rua Nossa Senhora do Carmo, Bairro São Pedro, Ervália. A Polícia Militar foi solicitada a comparecer ao local citado, onde depararam com corpo de Valdir Gomes de Oliveira (66) sem os sinais vitais.

Segundo testemunha, que estava colocando cerâmicas na parede de sua cozinha. Ouviu alguns gritos e batidas na porta da sala. Subiu até laje de sua residência para ver o que estava acontecendo, quando viu o corpo da vítima estendido. Imediatamente ligou para o telefone da emergência policial 190, mas não soube informar quem poderia ter cometido o crime.

Em contato com a filha da vítima e o seu companheiro, eles alegaram para os policiais que o senhor Valdir, consumia muita bebida alcóolica e vivia metido em confusão.

A viatura do SAMU acompanhou a ocorrência. Os policiais fizeram rastreamento e levantamento, mas não conseguiram obter êxito sobre a autoria do fato.

Após os trabalhos periciais foi constatado que a vítima foi golpeada por aproximadamente 24 facadas sendo estas na região peitoral, barriga, braço e pescoço. O corpo foi liberado para a funerária Redentora.

Comentários