Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

FONTE G1:

O Governo de Minas Gerais confirmou no início da noite deste sábado (7) a segunda morte em decorrência do rompimento das barragens no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, na quinta-feira (5). Ainda há 28 pessoas na lista de desaparecidos após o acidente, segundo a Prefeitura de Mariana. Veja abaixo as listas de mortos e desaparecidos.

As barragens de Fundão e de Santarém se romperam na quinta-feira (5) e liberaram 62 milhões de metros cúbicos de rejeitos de minério e água.

Entre os desaparecidos estão 13 homens que trabalhavam na Samarco na hora do rompimento, 14 moradores de Bento Rodrigues e um do distrito de Camargos. Na lista há quatro crianças e um bebê de 3 meses.

O rompimento destruiu 158 das 180 casas do distrito de Mariana. Depois que a lama baixou, só 22 residências estavam de pé. Centenas de pessoas seguem desabrigadas. A força-tarefa reúne bombeiros de Belo Horizonte, Itabirito e Ouro Preto, integrantes da Defesa Civil e do Exército.

MORTES CONFIRMADAS
Claudio Fiuza, de 40 anos
Empregado de uma empresa terceirizada da Samarco. Ele teve um mal súbito quando as barragens romperam. Leia mais

2ª Vítima ainda não identificada
Corpo encontrado em Rio Doce, cidade a mais de 100 quilômetros do local do rompimento, no leito do rio. Leia mais
DESAPARECIDOS
Moradores de Bento Rodrigues e de Camargos desaparecidos (15 pessoas)

Emanuele Vitória, 5 anos, desaparecida após rompimento de barragem (Foto: G1)Emanuele Vitória, 5 anos (Foto: G1)

Emanuele Vitória, de 5 anos
Segundo Denise Isabel Monteiro, tia da menina, o irmão dela, Wesley Isabel, tentou salvar os dois filhos na hora em que “começou a descer o barro”, mas a enxurrada de lama fez com que ele se perdesse de Emanuely e de Nícolas, de 2 anos. Denise diz que o irmão, a cunhada e sobrinho menor foram resgatados, mas a garota não foi encontrada.
Leia mais

 

Thiago Damasceno, 7 anos, desaparecido após rompimento de barragens. (Foto: Reprodução/TV Globo)Thiago Damasceno (Foto: Reprodução/TV Globo)

Thiago Damasceno Santos, de 7 anos
A mãe de Thiago, Geovana Rodrigues, de 27 anos, conta que o filho estava com a sogra dela, que foi arrastada pela lama, após o rompimento. A sogra de Giovana foi resgatada e levada para o hospital. “Meu filho não conseguiu. Estava dentro do quarto”, disse “Não tenho mais esperança, tenho que aceitar a verdade”, disse ao G1 na manhã de sábado (7).
Leia mais

 

Ana Clara dos Santos Souza, de 4 anos
Maria Elisa Lucas, de 60 anos
Mariana da Silva Santos, de 21 anos
Bruno dos Santos Souza, de 29 anos
Antonio Prisco de Souza, de 65 anos
Afonso Augusto Alves, de 54 anos
Arnaldo Zeferino, de 40 anos
Aparecida Viera, de 65 anos
Joaquim Zeferino, de 70 anos
Ana Clara Dias Batista, de 30 anos
Mateus Dias Batista, de 5 anos
Yuri Dias Batista, de 3 meses
Maria das Graças Celestino da Silva, de 65 anos

Desaparecidos – Trabalhadores da Samarco e empresas terceirizadas (13 pessoas)

O operador de máquinas Marcos Xavier é um dos desaparecidos no rompimento das barragens em Mariana (Foto: Ronaldo Antônio Xavier/ Arquivo Pessoal)Marcos Xavier (Foto: Ronaldo Xavier/Arquivo pessoal)

Marcos Xavier, de 32 anos
Segundo a família, ele trabalhava no momento do acidente na barragem de Fundão, provavelmente na cabine de uma máquina. “Tenho esperança que o equipamento não tenha rompido nenhum dos vidros. Eu ainda quero abraçar meu irmão”, disse Ronaldo Antônio Xavier, 28 anos.
Leia mais

O motorista de caminhão Sileno Narkievicius de Lima é um dos trabalhadores desaparecidos no rompimento das barragens em Mariana (Foto: Dênio Marcos de Faria/ Arquivo Pessoal)Sileno de Lima (Foto: Dênio Faria/ Arquivo Pessoal)

Sileno Narkievicius de Lima
O motorista de caminhão Sileno Narkievicius de Lima é um dos trabalhadores desaparecidos no rompimento das barragens

 

 

 

 

Samuel Viana Albino
Valdemir Aparecido Leandro
Ailton Martins dos Santos
Claudemir Elias dos Santos
Edinaldo Oliveira de Assis
Daniel Altamiro de Carvalho
Vando Maurílio dos Santos
Pedro Paulino Lopes
Mateus Marcio Fernandes
Marcos Aurélio Pereira Moura
Edmirson José Pessoa

VA_Rompimento de Barragens em MG_Arte (Foto: Arte/G1)

 

 

 

Comentários