Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

Câmara e PROCON investigam denúncias de cartel sobre emplacamento na cidade

Após denúncias feitas pelo Vereador Carlitos Alves (Meio Quilo) (PDT), na reunião Ordinária do dia 20 de agosto sobre o alto custo de emplacamentos para motos e carros no município, foi realizado uma reunião na Câmara para tratar do assunto.

Na tarde desta segunda-feira (2), o Presidente da Casa, Luis Eduardo Salgado (PDT), o Vereador Paulo Roberto Cabral (Paulinho Brasília) (PPS) e o Assessor de Relações Institucionais da Câmara, Wagner Rosado se reuniram com a Diretora do PROCON de Viçosa, Anna Karolina Guimarães Marim para tratar da questão de uma possível formação de cartel no que se diz respeito sobre os emplacamentos de veículos no município.

A Diretora do PROCON ressaltou que o Departamento de Trânsito (DETRAN) dá a liberação para os municípios e as empresas tem a liberdade para determinar o preço, “o DETRAN apenas fornece a concessão para as empresas fazerem as placas”.

Segundos as denúncias feitas na tribuna pelo Vereador Carlitos Alves o emplacamento em Viçosa tem o valor mais alto do que nas demais cidades e o preço das duas empresas que prestam o serviço são parecidos podendo caracterizar formação de cartel.

 

Luis Eduardo pontuou que “nós devemos trabalhar em conjunto, o PROCON juntamente com essa Casa devem resguardar os direitos do consumidor, se é o DETRAN que estipula os valores mínimos e máximos desses emplacamentos, vamos verificar junto ao órgão e se houver alguma irregularidade encaminharemos uma ação conjunta ao Ministério Público”.

1 Comentário para "03/09/2013,Câmara e Procon investigam denúncias de cartel sobre emplacamento na cidade."

Deixe uma resposta

Comentários