Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+
 

a3b7f253-165d-48eb-91ba-f9a251185903UNIDADE SERÁ CONSTRUÍDA COM RECURSO DEVOLVIDO PELA CÂMARA

Após funcionar por 40 anos em uma estrutura improvisada, a creche do bairro Carlos Dias, atualmente desativada, terá sua sede própria construída pela Prefeitura. A assinatura da ordem de serviço autorizando o início imediato das obras foi feita na última sexta-feira (29), no gabinete do prefeito Ângelo Chequer, com a presença de membros da associação de moradores local.

Com 412 metros quadrados de área construída, a nova creche terá capacidade para acolher 120 crianças. O projeto foi elaborado pelos arquitetos e engenheiros do Instituto de Planejamento do Município (IPLAM), de acordo com as prerrogativas do Ministério da Educação (MEC). A obra terá um investimento de R$ 460.108,34 e a construtora contratada terá um prazo de 6 meses para concluir os trabalhos.
O prédio será construído com recurso próprio do Município, sendo que a maior parte do montante, exatamente R$ 366.781,65, é proveniente de uma devolução feita pela Câmara Municipal no início deste ano, resultante da economia realizada pela casa legislativa em 2015. A presidente da Câmara, vereadora Marilange Santana Pinto Coelho Ferreira, participou da reunião no gabinete e afirmou estar satisfeita com a aplicação do recurso. “A quantia devolvida não está atrelada a algum destino especifico, por isso o Prefeito poderia utilizá-la como julgar necessário, mas, como bom gestor que é, Ângelo cuidou para que o recurso fosse aplicado em algo que fará diferença na vida das pessoas. Isso é respeito pelo dinheiro público”, destacou Marilange.
Lindalva Nicácio é moradora do Carlos Dias e conhece de perto a dificuldade das famílias que precisam manter os filhos em creches para trabalhar. No gabinete, ela falou em nome dos moradores e contou que a creche foi fundada há 40 anos, mas está fechada há 3, pois a estrutura que a abrigava foi condenada por apresentar riscos aos alunos. Lindalva lembrou que assim que o prefeito assumiu, no final de 2014, a Prefeitura retomou o diálogo com a comunidade para achar uma saída: “desde então o prefeito se mostrou sensível e com vontade política de resolver a questão. Somos gratos pela sensibilidade e pelo bairro estar sendo priorizado”.
Já o prefeito aproveitou o momento para fazer um resumo de todo o processo. Segundo ele, a Administração Municipal cogitou, de início, uma reforma da estrutura atual da creche, o que não foi possível devido a irregularidades no cadastro do imóvel. Então, o prefeito pleiteou, junto ao MEC, uma creche pró-infância, mas o terreno do Município no bairro não atendeu aos requisitos do órgão. “Não nos restou outra alternativa senão fazer o projeto com nossa equipe e executar a obra com recurso próprio”, salientou.
A fala do prefeito foi endossada pelo secretário de Governo, Luciano Piovesan Leme, que elogiou a rapidez das ações, desde a devolução feita pela Câmara até a presente assinatura do contrato: “Fica aqui meu reconhecimento e agradecimento a todos os órgãos do Executivo que têm se dedicado, não somente neste processo, mas em todos os trâmites que envolvem obras públicas”.
Também participaram da reunião um representante da construtora, os secretários municipais de Administração, Ronaldo Santana e de Obras, Luciano Baião, além do presidente da Associação de Moradores do bairro, Rômulo Cipriano da Silva e outros moradores.
A prefeitura prevê inaugurar a nova creche em outubro deste ano, já mobiliada, na rua Cimba Truqueira Jaceba, bairro Carlos Dias.

Comentários