Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

capa-prNa madrugada do ultimo sábado 29/10, policiais militares realizavam um patrulhamento pela localidade do Zig Zag, zona rural de Viçosa, quando avistaram um veículo GM/Astra em atitude suspeita.

Durante a abordagem o condutor se identificou como agente penitenciário, e disse que trabalhava no presídio de Ponte Nova, com ele a PM não encontrou  nada de ilícito, porém durante as buscas no veículo foi encontrada uma arma de fogo, uma Pistola 380 com dezesseis munições.

Os policiais deram voz de prisão ao agente penitenciário por porte ilegal de arma de fogo, ele foi conduzido para a delegacia de polícia civil juntamente com a arma apreendida.

 

A Lei 10826/2003 no seu artigo 6º inciso VII, garante ao quadro efetivo dos agentes penitenciários o porte de arma em todo o território nacional. No caso específico, o agente em questão aparenta ser contratado, que nesse caso não possuí o porte de arma.

Comentários