Compatilhe esta publicação: Twitter Facebook Google+

ARMA UBANo dia 27de abril, por volta das 13h50min, a PM compareceu à Rua Marieta Augusto Silva Marcos, Bairro Ponte Preta, onde, numa fabrica de Móveis, um indivíduo foi alvejado por disparos de arma de fogo.

No local, segundo relato de testemunhas, a vítima, Roger Júnior de Almeida, 22 anos, funcionário da empresa, foi atender ao autor Weydrian Cristopher da Silva Reis, 20 anos, quando este sacou de um revólver e efetuou pelo menos dois disparos contra ele, que, mesmo atingido, saiu correndo para o interior da empresa, sendo acompanhado pelo autor, o qual efetuou mais disparos.

Ao sair da empresa, em fuga, Weydrian ainda teria efetuado um disparo para o alto.No Hospital São Vicente, a vítima deu entrada já sem vida, com uma perfuração na altura do tórax e uma no braço esquerdo.

 Em rastreamento, militares compareceram à residência do autor, onde foram localizados e apreendidos, uma calça jeans, uma camisa cinza e uma bota que Weydrian, usava na hora do homicídio.Ainda em diligências, o autor foi localizado, no local conhecido como “Boca do Rogério Lagarto”.

Foi realizado cerco à Boca, sendo Roger localizado e preso, juntamente com Wagner da Silva Souza, 19 anos, Lucas de Souza Rodrigues, 20 anos e Thiago Januário Pires, 28 anos.

Na Boca também foram localizados e apreendidos dois adolescentes, um de 15 e outro de 17 anos de idade, a quantia de R$ 142,00, três aparelhos celulares, duas balanças de precisão, duas munições calibre 32, material para embalar drogas e a arma utilizada no crime.

Entrevistado, o autor Weydrian confessou o homicídio, alegando que a motivação seria o fato da vítima ter tido um envolvimento amoroso com sua genitora e estaria comentando com todo mundo, além de já ter tido, em data pretérita, um caso com sua ex- mulher.

Segundo informações o autor Weydrian, alcunha “RD”, seria autor de vários roubos na cidade, em coautoria com um indivíduo de alcunha “Testa”, identificado como Alex Junior Santos Almeida, preso recentemente.

Diante dos fatos, os autores, infratores e materiais apreendidos foram encaminhados para DPJ.

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL 21º BPM

Deixe uma resposta

Comentários