Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

professoraEm Ponte Nova professora é agredida violentamente por mãe de aluno dentro de escola.

Em 12/09, por volta das 8horas e 17min, a PM de Ponte Nova foi acionados pela sala de operações para comparecer na Escola Estadual Professor Raymundo Martiniano Ferreira, devido à mãe de um aluno ter agredido a professora Lucília da Silva Machado, 31 anos. Ao chegar à escola a autora Rosangela Cristina Augusto Vitorina, 34 anos, havia evadido do local, realizamos rastreamento sendo a autora localizada na Rua São José, Bairro Palmeirense.

A Professora Lucília relatou que, ao chegar à escola, Rosangela mãe de um aluno, a aguardava-a para tirar satisfação referente ao relato feito pelo filho de que ele havia sido agredido pela professora Lucília.

A professora relatou ainda que ao tentar conversar com Rosangela, foi agredida causando lesões, escoriações no rosto, na nuca e um hematoma na cabeça, conforme atestado hospitalar.

Natalia do Carmo Oliveira Apolinário, professora da escola, que presenciou a agressão, relatou a PM que, ao chegar no local viu Lucília e Rosangela conversando e depois viu Rosangela puxando a professora Lucília pelo cabelo posteriormente jogando a professora no chão e batendo a cabeça dela no chão várias vezes até vindo a interferir tentando retirar Rosangela de cima da professora.

À PM, Rosangela confirmou os fatos, relatando que foi até a escola para tirar satisfação com a professora, porque a professora tinha agredido seu filho data anterior e disse que iria mostrar a professora como é bom agredir o filho dos outros e partiu para cima da professora pegando ela pelos cabelos posteriormente jogando-a no chão e batendo a cabeça da professora várias vezes no chão até a chegada da Natalia que tentou retira-la de cima da professora.

Já, Ana Regina diretora da escola, relatou que na data anterior o aluno filho de Rosangela, havia brigado com outro aluno da escola, por isto estava com a boca machucada, sendo que o fato relatado no livro de ocorrência da escola.

O aluno filho de Rosangela, na presença da mãe juntamente com a as testemunhas disse que quem o agrediu foi o colega de turma e não a professora como ele havia relatado para a mãe.

Rosangela foi conduzida DEPOL para ser ouvida pelo delegado.

Pela rede social Facebook, Lucília expressou toda sua indignação sobre o acontecido.

Leia na integra o que disse ela:

“A pessoa levanta as 6:00 da manhã, se arruma pra ir trabalhar. deixa sua filha chorando pedindo “mamãe, não vá, fique comigo”. e aí você diz: _ eu preciso ir filha, pra ganhar dinheiro e ajudar o papai a terminar de construir nossa casa, pra pagar uma escola digna pra você, comprar seu patinete…” aí a pessoa sai e quando entra na escola em que trabalha , é surpreendida por uma mulher que ataca porque o filho dela chegou em casa com a boca roxa. mas que culpa tem o professor se o menino brigou na escola? Como sempre neste país tudo é culpa do professor… fui agredida por essa mulher, me jogou ao chão, socou minha cabeça várias vezes e estou cheia de hematomas, mas já tomei as providências legais. mas venho aqui externar minha indignação, num país onde um professor não tem segurança para ganhar o seu mísero salário. isso aconteceu na 5ª feira 12/09/13, mas só agora estou tendo forças para me recompor, pois estou sob efeito de forte medicação, desde então. quero agradecer ao apoio da professora Natalia, que me socorreu e do aluno Iury. agradeço em especial à dedicação e profissionalismo da policial Sandra e dos policiais que a acompanharam, Ernane e Claudinei. agradeço a diretora Ana Regina, ao funcionário Anderson e ao advogado Luiz Gustavo Abrantes Carvas. Quanto à agressora, não há justiça melhor que a justiça divina. A mão de Deus pesará sobre ela.”

Lucília que esta afastada, com atestado médico, disse a reportagem do UN, que seu advogado estará acionando a justiça contra Rosangela.

Ela vai solicitar também que seja transferida pelo Estado para outra unidade de ensino.

Ainda pela rede social houve várias manifestações de repudio pela ação da mãe.

Hematoma no braço de Lucília

fonte: http://www.unidadenoticias.com.br

Deixe uma resposta

Comentários