Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

A Polícia Civil de Teixeiras/MG, chefiada pelo Delegado de Policia Dr. José Marcelo de Paula Loureiro, na data de 19/11/2014, concluiu o inquérito referente ao roubo cometido na data de 06/05/2014, em uma padaria no município de Pedra do Anta/MG. Este fato dera início a uma investigação que culminou na apuração de outros crimes: tentativa de homicídio perpetrada contra as pessoas de Reginaldo Antônio da Silva, v. “Naldo”, e Juciano Junior Martins, v. “Juju”, no bairro Sossego, São Miguel do Anta/MG, em 26/04/2014; roubo ao Posto de Gasolina no Distrito de Estevam de Araújo, Araponga/MG, em 08/05/2014; homicídio consumado contra Daniel do Val, no município de Pedra do Anta/MG, em 14/05/2014.

De acordo com o delegado, as investigações tiveram início após o Roubo a um comércio na cidade de Pedra da Anta/MG, ocasião em que os autores trajavam roupas camufladas e se utilizaram de uma motocicleta de grande porte. Dias após este fato, em meio às diversas diligências empreendidas pelos investigadores, estes localizaram um corpo, em avançado estado de decomposição, em uma casa abandonada na zona rural daquele município. Uma busca minuciosa fora realizada no local, tendo os investigadores encontrado duas cápsulas deflagradas de pistola cal. 380.

Neste mesmo dia, policiais militares prenderam em Cachoeirinha Município de Viçosa/MG, após troca tiros,  GUILHERME DIOGO CAMILO, o qual trazia em sua mochila uma roupa camuflada. A arma de fogo que GUILHERME portava, qual seja, uma pistola TAURUS, cal. 380, foi apreendida. Como as investigações já apontavam para a pessoa do mesmo, a polícia civil amarrou uma situação à outra e promoveu um exame de micro comparação balística entre as cápsulas encontradas e a pistola apreendida, cujo resultado fora positivo.A motocicleta tornado que estava com GUILHERME havia sido tomada de assalto em Viçosa.

Com relação às dúvidas que pairavam sobre o corpo, ou seja, se ele realmente tratava-se de DANIEL DO VAL, o exame de DNA veio saná-las, confirmando que o corpo era daquele.

A princípio, os investigadores entrevistaram o suspeito GUILHERME DIOGO, e este negara qualquer envolvimento no crime em questão. No entanto, com o desenrolar das investigações, GUILHERME assumiu ter participado dos roubos citados acima (padaria e posto e gasolina), da tentativa de homicídio contra seus desafetos no município pedra do Anta/MG (Naldo e Juju) e do homicídio consumado que vitimou DANIEL DO VAL.

Segundo o autor, DANIEL DO VAL era seu comparsa no cometimento dos crimes. Após a consumação de um dos crimes perpetrados pela dupla, DANIEL se desentendeu com sua pessoa. Então, temendo por sua vida, acabou tirando a de DANIEL.

 

 

daniel do val

DANIEL DO VAL MORTO POR GUILHERME

arma

ARMA UTILIZADA NO HOMICÍDIO CONTRA DANIEL.

casa

LOCAL ONDE O CORPO DE DANIEL FOI ENCONTRADO(ZONA RURAL DE PEDRA DO ANTA)

guliherme

Guilherme Diogo Camilo (Autor)

roupa

 

 

 

 

 

Comentários