Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

Rãs são furadas na UFV

VIÇOSASegundo informações do professor Oswaldo Ribeiro Filho, coordenador do Ranário da UFV, neste final de semana foi arrombado uma grade no setor da ranicultura da UFV e foi subtraído 1.000 espécies da rã Touro.

Segundo Oswaldo, o consumo desta carne pode trazer danos graves à saúde humana, uma vez que nelas foi usada uma substância que inibe a ação da tiróide. “Não consumam em hipótese alguma esta carne, pois os danos podem ser irreparáveis”, frisou o professor. Ele falou que a pessoa que ingerir a carne pode engordar, ou até acontecer alguma coisa pior pois a tiróide é que controla todo o metabolismo do corpo.

A rã -touro é utilizada para criação. As que furtaram foram do experimento de um mestrando. Todo o experimento foi prejudicado. O aluno terá que reiniciá-lo, pois os dados coletados estavam no quarto mês, e o total seria de seis meses, não dando para aproveitar os dados por que estariam inconsistentes.

Via e-mail Oswaldo salientou que não é a primeira vez que furtam no ranário, só neste mês já somam duas vezes. “O setor está complemente abandonado pelos órgãos da administração da UFV, principalmente a Pró-reitoria de Administração, que não faz manutenção de cerca, alarme, câmeras, e tão pouco coloca vigilante constante no setor, uma vez que o local é de fácil rota de fuga”, enfocou.

Deixe uma resposta

Comentários