Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

mistesDuas pessoas foram baleadas em crime que pode ter sido motivado por uma discussão de trânsito, por volta de 12h30 deste sábado (14).

Segundo informações do Comandante da 285° Cia Tático Móvel, Tenente Paro, o jovem Renan Braga, que estaria de moto, teria se desentendido com outros dois elementos que estariam em outra moto. Estes dois perseguiram Renan e efetuaram vários disparos. A professora Mirtes Fernandes passava em sua moto pelo local, avenida Francisco Teixeira de Abreu, na altura do número 844, bairro Palmeiras, quando foi atingida por um dos tiros.

Ela morreu no local. Já Renan também foi atingido e encaminhado ao Hospital São Vicente de Paulo. A PM conseguiu imagens de câmeras de segurança que mostram os suspeitos e trabalha para identificá-los. Qualquer informação pode ser repassada pelo 1-9-0.

 

Manifestação

Após a divulgação da morte da professora Mirtes Fernandes, uma manifestação contra a violência tomou corpo nas redes sociais. O ato, chamado “Mobilização dos professores contra a violência”, foi agendado para a próxima quarta-feira (18), a partir das 12h, na Praça São Januário. Os organizadores pedem que os manifestantes vistam camisa branca. “Não podemos deixar que inocentes morram com a violência na cidade. Não podemos perder nossa capacidade de indignação”, diz o convite do evento.

Deixe uma resposta

Comentários