Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+

 

Estelionatario 2

Na tarde de 06 de setembro, a gerência do Banco do Brasil acionou a Polícia Militar por desconfiar de um indivíduo que tentava abrir uma conta.

Os integrantes do Tático Móvel passaram então a monitorar a situação, quando abordaram Luiz de Oliveira Filho, 37 anos, nas imediações da agência.

Ao ser submetido a busca pessoal a equipe localizou com Luiz vários documentos falsos, dentre eles CNH, Identidades, Cartões de Créditos, etc.

Em consulta ao COPOM verificou-se que tal indivíduo possuía mandado de prisão em aberto na comarca de Ponte Nova.

Aprofundado os levantamentos e, através da confissão de Luiz, constatou-se que ele age há 10 anos aplicando golpes na zona da mata mineira e outras cidades. Ele explicou que faz amizade com a vítima, a convence a abrir uma conta bancária da qual realiza um empréstimo e fica com o dinheiro, para isto realiza falsas promessas e vai para outro município.

Luiz possui passagem policial nos crimes de estelionato e falsificação ideológica nas comarcas de Rio Casca, Caratinga, Ponte Nova, Varginha, Barbacena, Leopoldina, Mariana, Abre Campo e, agora em Visconde do Rio Branco.

Deixe uma resposta

Comentários