Compatilhe esta publicação:

Twitter Facebook Google+
Cida-Marcos-Fialho-Sec-Mun-de-Agropecuária-José-Morethson-Presidente-da-Associação22

José Morethson, Presidente da Associação; Marcos Fialho, Sec. Mun, de Agropecuária e Cida.

Criada para dar sustentabilidade econômica aos seus associados, a Associação de Agricultores Familiares do Córrego São João, zona rural de Viçosa, chega a marca dos 10 anos de fundação com conquistas relevantes para seus associados. Com produção diária de 1900 litros de leite e de 54 mil litros por mês, a associação é presidida por José Morethson, cuja diretoria mantém os mesmos ideais de seus fundadores, os agricultores, Roberto Vicente Fialho, Maurício José Braz, José Geraldo Tristão e Fernando Vieira, que já buscavam o fortalecimento da cadeia produtiva de leite da região.

Os resultados desta década de trabalho podem ser observados nas melhores condições de negociação com a indústria, melhoria na qualidade do produto, assistência técnica, operacional e comercial, que foram aperfeiçoadas ao longo do tempo. Seu modelo de negociação com a indústria através de contrato de compra e venda foi um dos primeiros da região que virou referência para outras associações e produtores. “Nós buscamos sair da informalidade e formalizar através de contratos o que o produtor receberá por sua produção. Isso garante o que vamos receber pelo nosso produto e o fornecimento para a indústria, gerando garantias para as ambas as partes do negócio e proporcionando condições de novos investimentos”, explica o presidente Morethson.

O contrato fechado com o laticínio Palmo, em Teixeiras, oferece estabilidade para o produtor investir na produção de leite e para a empresa compradora da matéria prima. Com a negociação firmada em contrato, o produtor sabe o quanto vai receber, e assim, pode gerenciar melhor a sua atividade. A Associação de Agricultores Familiar do Córrego São João conta hoje com 21 produtores associados que juntos adquiriram uma sede própria e três tanques para resfriamento e comercialização do leite, sendo a maior em entrega de volume de leite por mês e todos são unidos em seus objetivos.

A meta da diretoria para 2015 é terminar a parte da infraestrutura da unidade para mais conforto e segurança dos produtores e dos equipamentos bem como a proteção dos mesmos. O presidente ressaltou a importância do apoio que recebe da PMV através do secretaria Municipal de Agropecuária e Desenvolvimento Rural, Marcos Fialho, que nunca mediu esforços para colaborar no atendimento aos anseios dos produtores da região. Morethson disse ainda que aguarda a inclusão da associação na lista de entidades parceiras da PMV.

A sede da associação, construída ao lado da igreja, é o ponto de entrega do leite que é armazenado conforme as exigências da lei. A compra em conjunto de ração, sal, milho e fubá viabiliza melhor crédito e preço na hora da compra.

A entidade tem em seu estatuto os seguintes objetivos: congregar todos os grupos de produtores familiares rurais; defender os interesses desses grupos, sempre que se fizer necessário; servir de ligação entre a população das comunidades e a população urbana, provocando o intercambio; reivindicar perante as entidades públicas, melhorias de interesses das famílias rurais; contribuir através de decisões, atos e projetos, à melhorias rurais para o desenvolvimento da sociedade; acompanhar e avaliar a qualidade desenvolvidas pelo quadro social; adquirir, construir ou alugar os imóveis necessários as suas instalações; a assessorar ou representar os associados sempre que for necessário; fornecer insumos necessários ao aumento da produção dos associados; promover e incrementar relações culturais, cientificas e técnicas com cooperativas, associações, instituições publicas e privadas no Brasil e no Exterior; prestar assistência técnica, educacional e social aos associados, familiares e a funcionários da  associação, através de cursos, palestras, seminários, dias de campo, visitas técnicas, aperfeiçoamento profissional, assistência creditícia, serviços de assistência medica e dentaria entre outros.Os-tanques-são-para-resfriamento-e-comercialização-do-leite

Deixe uma resposta

Comentários